ABRIL AZUL

Panfletagem marca abertura do mês de conscientização sobre autismo na Assembleia Legislativa

Panfletos foram distribuídos no cruzamento das avenidas Ataíde Teive e Venezuela, e abriu calendário de atividades do Centro de Apoio à Família
Foto: Tiago Orihuela
Equipe do Centro de Apoio à Família, durante panfletagem em alusão ao Mês Azul de Conscientização do autismo

Compartilhe:

Por Kátia Bezerra

A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), por meio do Centro de Apoio à Família, iniciou nesta terça-feira (5) as atividades referentes ao Abril Azul, mês de conscientização e alerta à sociedade sobre a inclusão e combate ao preconceito contra o transtorno do espectro autista (TEA). O objetivo é esclarecer as características do autismo, que, com o diagnóstico precoce, pode permitir o melhor desenvolvimento da criança.

A panfletagem ocorreu no cruzamento das avenidas Ataíde Teive e Venezuela, e abriu o calendário de ações do Centro de Apoio à Família, pertencente ao Programa de Atendimento Comunitário do Poder Legislativo e presidido pela deputada Angela Águida Portella (PP).

O estímulo e fortalecimento da rede de proteção às famílias com crianças autistas é a principal bandeira das ações, conforme explica o coordenador do Centro de Apoio, Ednaldo Coelho.

“Vamos fazer várias atividades em alusão ao Dia de Conscientização sobre o Autismo. A panfletagem foi muito positiva. Quem pega o panfleto e lê as informações, já consegue identificar o transtorno na criança e intervir de alguma forma”, explicou.

Outras atividades vão ocorrer durante o mês, entre elas a inauguração do Centro de Apoio à Família e a formação da primeira turma de assistente terapêutico. As datas já estão sendo definidas.

A estudante Luana Silva passou pelo local da panfletagem e aprovou a iniciativa. “Muito importante falar sobre autismo. Precisamos quebrar alguns mitos e nos conscientizarmos sobre a importância do respeito ao próximo”, afirmou.

Abril Azul

O pontapé inicial da campanha se deu em março, quando houve a Semana do Autista, evento resultante de uma parceria entre a Assembleia Legislativa e o Instituto de Educação de Roraima (Ierr). Em dois dias de palestras, especialistas e autistas relataram suas experiências e a importância de políticas públicas para conscientização da sociedade.

Texto: Kátia Bezerra
Foto: Tiago Orihuela
SupCom ALERR 05.04.2022

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022