‘PREVENÇÃO É SOLUÇÃO’

Assembleia Legislativa promove primeiro simpósio contra suicídio, depressão e drogas

Evento ocorrerá no dia 12 de maio e será transmitido pela TV Assembleia (canal 57.3) e redes sociais do Parlamento
Foto: Alfredo Maia
Deputada Catarina Guerra, vice-presidente de Assuntos Sociais da Secretaria de Cuidado e Prevenção à Depressão, Suicídio e Drogas

Compartilhe:

Por Suzanne Oliveira

A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), por meio da Secretaria de Cuidado e Prevenção à Depressão, Suicídio e Drogas, da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), promoverá o “1º Simpósio Prevenção é Solução”, um debate sobre cuidado ao suicídio e depressão e combate às drogas.

O evento ocorrerá no dia 12 de maio, das 9h às 12h, no Plenário Deputada Noêmia Bastos Amazonas, com transmissão da TV Assembleia (canal 57.3) e redes sociais do Parlamento (@assembleiarr).

A deputada Catarina Guerra (União), vice-presidente de Assuntos Sociais da Secretaria de Cuidado e Prevenção à Depressão, Suicídio e Drogas, falou o que será abordado no simpósio.

“A secretaria da Unale cuida desse assunto com tamanha importância e dedicação e houve a necessidade de compartilharmos experiências, divulgar assuntos importantes, ter essa troca com outros estados. A gente vai receber aqui deputados de outras unidades federativas que trazem suas experiências, tanto suas ações ligadas ao Legislativo como também de proposituras ao Executivo”, informou.

Conforme requerimento da parlamentar encaminhado à presidência da Casa Legislativa, dados fornecidos pela Polícia Civil de Roraima apontam que, em 2019, 56 pessoas cometeram suicídio no Estado. Em 2020, início da pandemia de covid-19, esse número subiu para 60. No entanto, até julho do ano passado, os registros caíram para 34 vítimas.

Ainda conforme o documento, além do intuito de reduzir as estatísticas de casos de depressão, suicídio e combate ao uso de drogas, a secretaria elaborou um calendário de ações e reuniões mensais, onde serão difundidas políticas públicas para evitar o avanço desses problemas sociais.

“Estaremos aqui de portas abertas para receber você presencialmente, para colher essas informações e compartilhar também alguma experiência vivida, algum relato, dar dicas, ideias e sugestões, para que a gente possa ter êxito nesse simpósio”, concluiu a deputada.

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022