Viveiro de peixes e produção de hortaliças conectados promove sustentabilidade e empreendedorismo | ASN Roraima

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Iniciativa fomenta a criação de sistemas de produção de alimentos sustentáveis comprometidos com a causa socioambiental.

Visando promover conhecimento científico, ambiental e empreendedor, o Colégio Estadual Militarizado Vitória Mota Cruz, desenvolveu o “Projeto Sustentável Empreendedor de Produção de Peixes e Hortaliças: Sistema integrado de aquaponia com energia fotovoltaica” que incentiva boas práticas através do aproveitamento de água e irrigação de plantas.

A ação foi implementada durante o Festival Cultural Amazônia Legal (Festal) que ocorreu no colégio, onde a proposta era criar um trabalho de iniciação científica sobre alguma característica específica da região amazônica.

No início abordamos em sala de aula a respeito da variedade de espécies de peixes que existem na Amazônia e também sobre a criação deles em confinamento junto a produção de hortaliças, e felizmente, a atividade despertou curiosidade e o interesse dos alunos, explicou o professor de geografia da escola, Edilson Bispo Feitosa Junior.

Para conseguir montar e iniciar o sistema de aquaponia os alunos realizaram vendas de bolos, cachorro quente, além de uma rifa para arrecadar dinheiro e comprar os materiais que seriam utilizados no projeto.

A educação empreendedora é algo que trabalhamos na escola com o apoio do Sebrae/RR o que foi fundamental para os alunos tomarem essa iniciativa que alcançou e sensibilizou toda comunidade escolar e externa, então é um projeto que impulsiona aprendizagem, conhecimento e espírito empreendedor, acrescentou o professor.

Além da arrecadação, o projeto também proporciona a experiência de empreender por meio das vendas dos peixes e hortaliças produzidas.

O envolvimento de todos nesta ação foi surpreendente e positivo, pois recebemos diversos depoimentos dos pais relatando a animação dos estudantes em querer aprender e desenvolver cada vez mais essas atividades, complementou.

COMO FUNCIONA O PROJETO?

Baseada na aquaponia (sistema de cultivo que consiste na criação de peixes em caixas de água conectadas a produção de hortaliças sem solo, com raízes

submersas na água), o sistema funciona como uma ‘ajuda mútua’ para ambos, pois os peixes geram 13 nutrientes que contribui com o desenvolvimento das plantas.

Os alunos participaram efetivamente de todo o processo desde a montagem aos cuidados e manutenções que é necessário fazer. Desse modo, é um projeto multidisciplinar porque utilizamos matemática, biologia, química, e principalmente a consciência ambiental, contextualizando uma atividade que pode ser exemplo para nossa realidade local, pontuou o professor.

Abordando um sistema totalmente sustentável, o projeto mostra que é possível produzir alimentos orgânicos com o reuso da água para evitar liberação de efluentes e resíduos poluentes no meio ambiente.

PRÊMIO EDUCADOR TRANSFORMADOR

Premiação correalizada pelo Sebrae, Bett Brasil e Instituto Significare identifica, valoriza e divulga projetos educacionais inovadores e transformadores, implementados por professores de todo o Brasil focados na educação empreendedora. Professores interessados em participar da 2ªEdição do Prêmio Educador Transformador têm até o dia 05 de fevereiro para se inscrever, não perca essa oportunidade. Inscreva-se aqui.

Lei a notícia completa na Agência Sebrae de Notícias – Clique Aqui!

PUBLICIDADE

Leia também:

Governo inaugura vicinal que atenderá comunidades indígenas de Normandia – GOVERNO DE RORAIMA

Postado em 4 de março de 2024

Desenvolve Roraima e Sebrae/RR avançam no planejamento estratégico durante visita consultiva | ASN Roraima

Postado em 4 de março de 2024

Concurso Nacional Unificado tem quase 10 mil indígenas inscritos

Postado em 4 de março de 2024

FISCALIZAÇÃO Procon Assembleia monitora aplicação da lei que garante meia-entrada a agentes de segurança pública | ALE-RR

Postado em 4 de março de 2024