CIÊNCIA E TECNOLOGIA

MCTI divulga investimentos de quase R$ 1 bilhão para a ciência, tecnologia e inovação nacional

O anúncio foi feito em evento realizado no Instituto do Coração, na cidade de São Paulo
Foto: Neila Rocha (SEAPC/MCTI)
O anúncio foi feito em evento realizado no Instituto do Coração, na cidade de São Paulo

Compartilhe:

Por Gov.br

Governo Federal, por meio Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, destinará quase R$ 1 bilhão em recursos para o desenvolvimento de pesquisas, pagamento de bolsas e demais ações em favor da ciência, tecnologia e inovação no país. O anúncio foi feito pelo ministro astronauta Marcos Pontes durante missão do MCTI ao Instituto do Coração, na cidade de São Paulo (SP), na sexta-feira (25/03).

Os valores são oriundos do descontingenciamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), e irão apoiar estudos de diferentes áreas, como biotecnologia, internet das coisas, produção de imunizantes, agricultura e saúde.

Dentre os novos investimentos, destacam-se R$ 43 milhões para o Programa de Recursos Humanos em Áreas Estratégicas (RHAE), o investimento de R$ 280 milhões nos 102 participantes do programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT), e os mais de R$650 milhões que serão usados em projetos aprovados por chamadas públicas do CNPq, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, vinculado ao MCTI.

Em discurso no evento, o ministro Marcos Pontes ressaltou: “É um momento muito importante para ciência nacional. Com a pandemia, vimos como a ciência e a tecnologia devem trabalhar com velocidade para gerar qualidade de vida, prover um impacto econômico positivo e mudar cenários. Todos investimentos que foram, e estão sendo feitos pelo MCTI, evidenciam a revolução por qual o ministério passou, e reafirma o legado da ciência brasileira, autossuficiente, pulsante e soberana. A liberação do FNCDT foi um passo decisivo para essa fase que a pesquisa e inovação nacional estão passando”.

Segundo o secretário de Pesquisa e Formação Científica do MCTI, Marcelo Morales, os recursos trarão resultados positivos e relevantes para o Brasil. “É um momento único anunciar esses investimentos aqui na casa da ciência da saúde, a Faculdade de Medicina da USP. Eu corri muito por esses corredores do Instituto do Coração no meu tempo de estudante de iniciação científica. Aproveito a oportunidade para parabenizar a FINEP e o CNPq, que serão os responsáveis por repassar e administrar todos esses valores”, concluiu Morales.

Leia também:

Pesquisa sobre mídia cívica indica ruptura com conceitos tradicionais

Postado em 16 de junho de 2024

Polícia Civil participa de operação nacional de proteção ao Meio Ambiente

Postado em 16 de junho de 2024

TERAPIA E RENDA EXTRA Alunos concluem curso de pintura em tecido na Escolegis do bairro Santa Luzia | ALE-RR

Postado em 15 de junho de 2024

Comissão aprova licença-maternidade de 180 dias para bombeira e policial – Notícias

Postado em 15 de junho de 2024