JANEIRO BRANCO ALE-RR participa de movimento nacional em prol de cuidados com saúde mental | ALE-RR

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Com o ano novo, a reflexão sobre os cuidados com a saúde mental é intensificada com a campanha Janeiro Branco. A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) participa do movimento iniciado por psicólogos brasileiros por meio da Lei nº 1.220/2017, que o institui em nível estadual.

A campanha se dedica a ações educativas para a difusão de cuidados com a saúde mental.

De autoria da deputada Angela Águida Portella (PP), o texto incentiva que os órgãos públicos promovam diversas ações preventivas de doenças mentais, tanto para o público interno quanto externo. Além disso, a norma prevê pequenas palestras gratuitas sobre o assunto em locais onde há grande concentração de pessoas.

As pessoas ficam doentes mentalmente e não querem falar sobre o assunto, tampouco procuram ajuda médica e psicológica. Nós temos que quebrar esse tabu. A pessoa só tem saúde completa se ela tiver saúde do corpo, mental e emocional. Dessa forma, precisamos discutir com a sociedade a valorização do bem-estar da mente”, ressaltou Portella sobre as razões da criação da lei.

O presidente da Casa Legislativa, deputado Soldado Sampaio (Republicanos), ressaltou que a campanha é mais uma forma do Legislativo contribuir para o debate social em torno da saúde mental.

O Janeiro Branco é mais do que uma campanha, é um lembrete de que a saúde mental merece nossa atenção e cuidado constantes. Por meio de ações educativas, podemos colaborar para a construção de uma comunidade mais saudável emocionalmente”, declarou.

Como cuidar da saúde mental?

Apesar do foco da campanha ser em janeiro, o psicólogo Wagner Costa ressaltou que os cuidados com o bem-estar mental devem ser constantes, sobretudo quando se analisam os crescentes índices de doenças relacionadas à mente.

O suicídio aumentou quase 50% entre jovens de 15 a 25 anos, além da depressão que vem aumentando muito nessa parcela da população. Essa campanha busca fazer com que as pessoas se planejem para colocar a saúde mental como prioridade, do mesmo jeito, por exemplo, que há os objetivos de emagrecer, entrar na academia ou ler cinco livros, é necessário também refletir sobre como cuidar da saúde mental todos os meses”, informou Costa.

Por isso, o profissional apontou alguns caminhos preliminares para que as pessoas possam desenvolver melhor a saúde mental.

Conforme apontam as pesquisas, a principal recomendação começa com bons relacionamentos, sabe por quê? Porque somos seres sociáveis e precisamos da convivência. Em vez de dar um presente para o seu amigo, convide-o para tomar um café e passe uma manhã conversando com ele”, sugeriu o psicólogo.

Costa ainda destacou que a respiração é outra medida simples que contribui bastante para esse cuidado.

A saúde mental é resultado de pequenas coisas. Por exemplo, hoje nós sabemos que o nosso cérebro tem uma região que cuida de todo o estresse, sendo que essa região se agita ou se acalma conforme o meu ritmo respiratório. Então, quer cuidar da sua saúde mental? Aprenda a tirar alguns minutos por dia para respirar e prestar atenção na sua respiração”, aconselhou.

Todos esses cuidados são preventivos e, para casos mais graves, um profissional deve ser consultado. A médica da ALE-RR Izabella Marques ressaltou também que a falta desse equilíbrio mental afeta diversas partes do corpo, podendo causar o desenvolvimento de outras doenças.

Quando a gente não controla essas doenças mentais, a tendência é o agravamento dos sintomas, pois o nosso corpo somatiza quando a gente sofre. Algumas pessoas quando estão muito estressadas, por exemplo, têm diarreia, dificuldades em dormir, dor de estômago e azia. Então, o nosso corpo tem que estar funcionando num perfeito equilíbrio, sendo que para desordens mais sérias, o paciente deve procurar um profissional de saúde mental, a exemplo do psiquiatra ou psicólogo”, informou a médica.

Texto: Anderson Caldas

Fotos: Marley Lima, Nonato Sousa, Jader Souza

SupCom ALE-RR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

Leia também:

Prefeitura de Maricá nega desvios de recursos da saúde

Postado em 28 de fevereiro de 2024

Imunização contra a dengue envolverá a rede pública de ensino dos municípios – GOVERNO DE RORAIMA

Postado em 28 de fevereiro de 2024

PREVIDÊNCIA SOCIAL ALE-RR realiza audiência pública com presença do ministro Carlos Lupi nesta sexta-feira | ALE-RR

Postado em 27 de fevereiro de 2024

Câmara aprova regime de urgência para oito projetos – Notícias

Postado em 27 de fevereiro de 2024