FOMENTO À AGRICULTURA Parlamentares são homenageados por direcionar recursos para desenvolvimento das atividades do setor em Roraima | ALE-RR

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Nesta sexta-feira (2), durante a celebração do aniversário de dois anos do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Iater), deputados de Roraima foram homenageados pelo direcionamento de recursos para a fomentação de projetos e programas que beneficiam a agricultura familiar e indígena no Estado.

Os parlamentares Catarina Guerra (União), Gabriel Picanço (Republicanos), Isamar Júnior (Podemos) e Soldado Sampaio (Republicanos) foram representados no evento pela decana da Assembleia Legislativa (ALE-RR), Aurelina Medeiros (Progressistas), que também recebeu homenagens pela atuação em prol do setor agrícola roraimense.

Conforme Aurelina Medeiros, considerada a madrinha do instituto, Roraima era o único estado do Brasil que não possuía um órgão prestador desses serviços voltados à classe. Para ela, era necessário chegar até o pequeno produtor.

“Esse foi o mecanismo que o governador encontrou para chegar à ponta daquilo que é o trabalho que ele sempre idealizou e realizou pelo Estado. Precisava chegar ao pequeno, ao campo, ao produtor rural, aquele que manda comida para a mesa, para o Brasil e para fora do país. Nós precisávamos chegar perto dessas pessoas e o Iater foi o instrumento para isso. Uma instituição nova, que nos orgulha muito e que, de repente, terá uma visibilidade tamanha, dada a importância que tem para Roraima”, destacou.

O presidente do órgão, Marcelo Pereira, frisou que neste dia comemora-se também o apoio que está sendo dado aos agricultores e à equipe técnica do Iater referente à infraestrutura, pessoal e transporte.

“São estruturas ofertadas para que esses técnicos possam atender nossos produtores com dignidade e, principalmente, quando eles mais necessitam”, disse.

Para a técnica em agropecuária Roseli Ribeiro, servidora do instituto em Rorainópolis e integrante da comissão que criou a minuta da lei para a criação do órgão, conquistar a aprovação da norma não foi uma tarefa fácil.

“Foi uma luta muito grande. Nós tivemos que sensibilizar vários deputados quanto à criação, bater de porta em porta nos gabinetes até encontrarmos um que abraçasse a causa, e a deputada Aurelina foi uma dessas pessoas que nos acolheu. Também conseguimos sensibilizar os outros parlamentares e hoje o trabalho continua. Já conseguimos revitalizar várias unidades locais. A nossa, de Rorainópolis, será inaugurada daqui a alguns dias. Ficamos muito felizes em fazer parte da história e ver que estamos contribuindo para o desenvolvimento de Roraima”, salientou a servidora.

O Iater

O órgão, cuja sede funciona no Parque Anauá, foi criado em 25 de janeiro de 2022, por meio da Lei n° 1.642, aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo Poder Executivo, a fim de auxiliar produtores rurais de Roraima com novos maquinários, insumos e conhecimentos.

De acordo com o governador Antonio Denarium (PP), a instituição do Iater é resultado de esforços impulsionados por três décadas de pedidos da classe produtora roraimense. Ano passado, mais de 15,2 mil agricultores foram atendidos, por meio de assistência técnica especializada, emissão de documentos, gerência de programas, entre outros.

Texto: Suzanne Oliveira

Fotos: Marley Lima

SupCom ALE-RR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

PUBLICIDADE

Leia também:

Governo inaugura vicinal que atenderá comunidades indígenas de Normandia – GOVERNO DE RORAIMA

Postado em 4 de março de 2024

Desenvolve Roraima e Sebrae/RR avançam no planejamento estratégico durante visita consultiva | ASN Roraima

Postado em 4 de março de 2024

Concurso Nacional Unificado tem quase 10 mil indígenas inscritos

Postado em 4 de março de 2024

FISCALIZAÇÃO Procon Assembleia monitora aplicação da lei que garante meia-entrada a agentes de segurança pública | ALE-RR

Postado em 4 de março de 2024