DIA DO OUVIDOR

Data celebra importância de canal direto entre sociedade e Assembleia Legislativa

Ouvidoria do Poder Legislativo fortalece relações com cidadão; órgão está localizado na avenida. Santos Dumont, nº 1470, bairro Aparecida
Foto: Nonato Sousa
Deputada Betânia Almeida, ouvidora da Assembleia Legislativa de Roraima

Compartilhe:

Por Kátia Bezerra

Com o intuito de defender o direito do cidadão, a figura do ouvidor ganhou status relevante nos órgãos públicos e privados do Brasil. Em Roraima, a Assembleia Legislativa (ALE-RR) tem garantido à população, por meio da ouvidoria, a preservação de seus direitos, seja no atendimento e registro de reclamações quanto no de sugestões, elogios e denúncias relacionadas ao Poder Legislativo.

Nesta quarta-feira (16), é comemorado o Dia Nacional do Ouvidor. Data para celebrar a relevância do canal direto entre sociedade e Assembleia.

“Precisamos ser provocados pelo cidadão para que possamos fazer nossa parte. É de fundamental importância para o bom desempenho dos trabalhos da ALE-RR e para o povo, já que somos um elo entre eles e nós, do Poder Legislativo. Faço um convite a toda população, necessitamos da sua sugestão e participação”, destacou a ouvidora-geral da Casa, deputada Betânia Almeida (PV).

Dados da ouvidoria apontam que as maiores demandas se deram pelo ZapOuv, num total de 315 em 2021, seguidas do atendimento via e-mail, durante o período do decreto legislativo de covid-19. Atualmente, os atendimentos seguem de forma presencial.

A ouvidoria funciona na sede da Procuradoria Especial da Mulher, na avenida Santos Dumont, nº 1470, bairro Aparecida, das 8h às 17h30. Os atendimentos podem ser feitos ainda pelo ZapOuv ([95] 98120-0800) e e-mail ouvidoria@al.rr.leg.br.

História

O Dia do Ouvidor foi instituído no País em 2012, por meio da Lei Federal nº 12.632, porém a data ficou marcada em 1955, quando foi fundada, em 16 de março, a Associação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman (ABO Nacional). A intenção era estimular e promover o relacionamento entre aqueles que exercem essas funções no Brasil, assim como os que atuam em atividades de defesa da cidadania, do consumidor e do meio ambiente.

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022