EMERGENCIAL

Assembleia Legislativa aprova ajuda a 12 municípios afetados pelas chuvas

Projeto de lei foi apreciado em sessão extraordinária nesta segunda-feira
Foto: Eduardo Andrade

Compartilhe:

Por Yasmin Guedes

Em sessão extraordinária ocorrida nesta segunda-feira (13), na Assembleia Legislativa (ALE-RR), foi aprovado com 14 votos favoráveis o Projeto de Lei (PL) nº 274/22, de autoria de vários deputados, que reconhece situação de emergência em 12 municípios de Roraima em decorrência do período chuvoso.

Os municípios, sob decretos municipais, são Alto Alegre (Decreto nº 39/22), Amajari (Decreto nº 116/22), Bonfim (Decreto nº 111/22), Cantá (Decreto nº 84/22), Caracaraí (Decreto nº14/22), Caroebe (Decreto nº 252/22), Iracema (Decreto nº 23/22), Normandia (Decreto nº 72/22), Pacaraima (Decreto nº 57/22), Rorainópolis (Decreto nº 35/22), São João da Baliza (Decreto nº 175/22) e Uiramutã (Decreto nº 16/22), em razão das chuvas e danos causados neste período.

A situação foi apresentada à Assembleia Legislativa pela Associação dos Municípios de Roraima (AMRR). Com a aprovação e, após a sanção governamental, o Estado ficará autorizado a destinar recursos às prefeituras que decretaram calamidade pública. Os recursos deverão ser aplicados em saneamento e mitigação dos danos causados pela situação emergencial.

“A associação buscou o Poder Legislativo e pediu ajuda. Montamos uma comissão especial que juntou todos os elementos necessários embasados nos laudos da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros e aprovamos o projeto para que o Governo estenda a mão aos munícipes” explicou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Soldado Sampaio (Republicanos).

Foram apresentadas duas emendas ao PL. A primeira autoriza o Estado a usar instrumentos materiais e recursos humanos disponíveis, como o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e outros órgãos necessários, para prestar auxílio à população. A segunda emenda garante aos municípios de Boa Vista, Mucajaí e São Luiz, os únicos que não decretaram estado de calamidade pública, os mesmos benefícios contidos no projeto de lei, desde que cumpram as exigências legais.

Subsídios
Os parlamentares aprovaram o Projeto de Lei Complementar nº 11/2022, do Tribunal de Justiça de Roraima, que altera a forma de fixação dos subsídios pagos a juízes e desembargadores do Poder Judiciário.

 

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022