Pesquisar
ACOLHIMENTO

Após perda de filho para violência, pais poderão receber apoio psicológico gratuitamente

Parlamentares aprovaram oferta de terapia com 15 votos favoráveis; proposta seguirá para sanção governamental
Foto: Jader Souza

Compartilhe:

Por Yasmin Guedes

Para ajudar pais, mães e responsáveis a enfrentar o luto, a Assembleia Legislativa de Roraima aprovou nesta terça-feira o Projeto de Lei nº 61/2021, apresentado pela deputada Aurelina Medeiros (PP), para oferecer apoio psicológico a quem perdeu filhos menores vítimas de violência.

Com isso, hospitais do Estado, com apoio de acadêmicos a partir do 6º ano de psicologia das universidades e faculdades de Roraima, ofertarão terapia semanal a estes pais e mães enlutados, como forma de amenizar o sofrimento e enfrentar o dia a dia sem o filho.

“Isso deve ser observado pelo psicólogo para avaliar qual a melhor técnica de intervenção, fazendo com que a pessoa perceba que consegue realizar novas tarefas”, justificou a deputada Aurelina Medeiros.

O sistema público de saúde deverá organizar e planejar esses atendimentos. Para isso, será necessária a apresentação da certidão de óbito da criança ou adolescente menor de 18 anos. A matéria recebeu 15 votos favoráveis dos parlamentares.

Leia também:

Agricultores aprendem a fazer pães e pizzas à base da farinha de batata doce produzida na região | ASN Roraima

Postado em 22 de julho de 2024

A Voz do Brasil chega aos 89 anos — Agência Gov

Postado em 22 de julho de 2024

Empreendedores aprendem sobre inteligência emocional e alta performance em seminário de neurociência | ASN Roraima

Postado em 22 de julho de 2024

Lei institui 17 de setembro como Dia de Conscientização sobre Distrofia Muscular – Notícias

Postado em 22 de julho de 2024