ACOLHIMENTO

Após perda de filho para violência, pais poderão receber apoio psicológico gratuitamente

Parlamentares aprovaram oferta de terapia com 15 votos favoráveis; proposta seguirá para sanção governamental
Foto: Jader Souza

Compartilhe:

Por Yasmin Guedes

Para ajudar pais, mães e responsáveis a enfrentar o luto, a Assembleia Legislativa de Roraima aprovou nesta terça-feira o Projeto de Lei nº 61/2021, apresentado pela deputada Aurelina Medeiros (PP), para oferecer apoio psicológico a quem perdeu filhos menores vítimas de violência.

Com isso, hospitais do Estado, com apoio de acadêmicos a partir do 6º ano de psicologia das universidades e faculdades de Roraima, ofertarão terapia semanal a estes pais e mães enlutados, como forma de amenizar o sofrimento e enfrentar o dia a dia sem o filho.

“Isso deve ser observado pelo psicólogo para avaliar qual a melhor técnica de intervenção, fazendo com que a pessoa perceba que consegue realizar novas tarefas”, justificou a deputada Aurelina Medeiros.

O sistema público de saúde deverá organizar e planejar esses atendimentos. Para isso, será necessária a apresentação da certidão de óbito da criança ou adolescente menor de 18 anos. A matéria recebeu 15 votos favoráveis dos parlamentares.

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022