Pesquisar
‘FILOSOFIA DE VIDA’

Alunos exercitam inteligência e disciplina por meio do jiu-jitsu no Centro de Convivência da Juventude

Inscrições podem ser feitas no prédio da Superintendência de Programas Especiais da ALE-RR
Foto: Eduardo Andrade

Compartilhe:

Por Juliana Dama

“Filosofia de vida”. É assim que o professor Luiz da Silva, do Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), define o jiu-jitsu. Praticante há 19 anos e faixa preta há 13, ele afirma que a arte marcial transforma o corpo e a mente.

“O jiu-jitsu é um esporte que foi essencial na minha vida. Comecei em 2003 e, desde então, não parei. O esporte ensina arte, educação, cultura. É uma filosofia de vida”, disse.

Ainda conforme o professor, os benefícios da arte marcial para crianças e adolescentes atendidas pelo programa ultrapassam os limites do tatame.

“O jiu-jitsu requer uma hierarquia, disciplina, atenção e acompanhamento. É como se o que fizesse aqui [no tatame], você passasse para a sociedade lá fora, não migrando para o caminho errado e saindo das más companhias.”

Para a aluna e faixa cinza Letícia Karla Gomes, de 11 anos, o jiu-jitsu é uma paixão. Em razão da pandemia, ela passou dois anos sem praticar o esporte, mas com o retorno das atividades presenciais no centro, conseguiu voltar à ativa.

“Eu gostei muito quando fiz pela primeira vez. Falei para a minha mãe que queria continuar. Depois, comecei a ir para competições fora de Roraima, já lutei várias vezes aqui [no Estado] em campeonatos valendo medalhas. Isso me estimula cada vez mais. Gosto muito porque me incentiva a continuar, ir bem na escola, ir bem aqui nas lutas”, afirmou.

Já a aluna Letícia Santos, faixa branca de 12 anos, iniciou as aulas no centro há apenas um mês. Ela sonhava em praticar o esporte e afirma que as expectativas foram superadas durante os treinos.

“O meu primo falava que era muito bom, que o esporte trabalhava a defesa. Então falei para a minha mãe me colocar aqui no jiu-jitsu porque era o meu sonho e ela me colocou. Estou gostando muito”, disse.

Aulas de jiu-jitsu

As aulas de jiu-jitsu são ofertadas gratuitamente no Centro de Convivência da Juventude, no período da manhã e tarde. As turmas são divididas por faixa etária.

Para participar, é necessário que a criança ou adolescente tenha entre 7 e 17 anos e esteja matriculado na rede pública ou particular de ensino.

As inscrições podem ser feitas no prédio da Superintendência de Programas Especiais da ALE-RR, localizado na avenida Ataíde Teive, nº 3510, bairro Buritis, das 8h às 18h.

Os pais ou responsáveis devem apresentar cópia e original do RG, CPF, comprovante de residência, foto 3 x 4 e declaração de matrícula escolar.

Além do jiu-jitsu, o centro também oferece gratuitamente outras modalidades esportivas e culturais, como balé, judô, coral, ginástica e zumba. Todo o material pedagógico e uniformes também são disponibilizados gratuitamente aos alunos.

Leia também:

VOLTA ÀS AULAS Centro de Convivência da Juventude retoma atividades nos quatro polos de Boa Vista | ALE-RR

Postado em 15 de julho de 2024

Rio: governador diz que houve vazamento de informações sobre operação

Postado em 15 de julho de 2024

Sebrae/RR orienta empresários sobre a importância do crédito consciente | ASN Roraima

Postado em 15 de julho de 2024

Presidente italiano apoia prioridades brasileiras no G20 — Agência Gov

Postado em 15 de julho de 2024