‘ELAS NA POLÍTICA’

Simpósio promovido pela Assembleia busca incentivar mulheres a disputar cargos eletivos

‘Quanto mais mulheres na política, mais aumenta a chance de resolução dos problemas, com mais leis voltadas para o público feminino’, garante procuradora especial da Mulher
Foto: Marley Lima
Deputada Betânia Almeida, procuradora Especial da Mulher, durante Simpósio Elas na Política

Compartilhe:

Por Marilena Freitas

Despertar as mulheres para a política partidária e para ocupar espaços na mesma proporção que os homens foi um dos objetivos do simpósio “Elas na Política”, realizado nesta terça-feira (8), Dia Internacional da Mulher, pela Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) por meio Procuradoria Especial da Mulher.

A procuradora especial da Mulher, deputada Betânia Almeida (PV), disse que é essencial discutir o papel e a participação das mulheres na política. “Acredito que quanto mais mulheres na política, mais aumenta a chance de resolução dos problemas, com mais leis voltadas para o público feminino”, avaliou.

Ela ressaltou que atualmente o espaço, tanto no Congresso Nacional como nas Casas Legislativas no Brasil, é ocupado eminentemente por homens. “Queremos metade da mesa, assim como já pagamos metade da conta. É mais do que justo que nós, mulheres, tenhamos nossa tão sonhada igualdade de direitos”.

Betânia disse que as mulheres são tão fortes e empoderadas que podem ir muito mais longe do que imaginam. “Lugar de mulher é onde ela quiser, mas na política, em especial, a gente pode mudar a vida da nossa sociedade. Precisamos de mais mulheres na política, não de cotas, candidatas laranjas, mas de mulheres atuantes e encorajadas ocupando espaços de fala e de poder”, acrescentou.

Vítima de violência doméstica, a advogada Daniela Acássia enfrentou desafios que a fizeram transformar o limão em uma limonada para se empoderar e empoderar outras mulheres que se encaixem nessa história de superação.

“Sou uma sobrevivente da violência e por meio da minha história me tornei advogada para lutar em prol desta bandeira. Ano passado, tive a oportunidade de contar minha história em um livro para inspirar outras mulheres”, citou, ao convidar todos para o lançamento em Roraima nesta sexta-feira (11), no Teatro Sesc do Mecejana.

A indígena Iolanda Macuxi, representante do Chame (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), disse que o simpósio é um espaço para as mulheres discutirem ainda mais os direitos delas.

“Buscamos igualdade social, pois já sofremos muito. Os homens dizem que somos frágeis, mas somos fortes em tudo, trabalhamos incansavelmente e temos condições de fazer um Brasil melhor. A mulher indígena é empoderada e juntas continuamos a lutar por igualdade social dentro das nossas comunidades”, afirmou.

A vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Roraima (OAB-RR), Caroline Cataneo, salientou que a instituição, enquanto defensora da Constituição Federal, tem um papel importante na luta pelos espaços da mulher.

“Na OAB, ano passado, tivemos uma grande conquista feminina, pois o provimento do Conselho Federal delimitou uma cota de 50% para as mulheres em cargos de gestão. Que isso se torne referência e modelo para as eleições partidárias. As mulheres precisam estar nos locais de fala, pois somente elas podem defender o que se quer para o futuro”, destacou.

A poetisa Rafah Black usa a poesia para encorajar mulheres. “O meu sentimento hoje é de felicidade e de avanço por estar aqui participando deste evento com a minha voz, meu trabalho, mostrando narrativas de mulheres que me inspiram. Ser mulher não são somente flores, pois ainda há muita violência no Brasil, mas somos fortes, somos o que quisermos ser e alcançar o que desejamos”.

Texto: Marilena Freitas
Foto: Marley Lima/ Nonato Sousa
SupCom ALE-RR – 08.03.2022

Leia também:

PRÓXIMO DA POPULAÇÃO Ouvidoria-Geral da ALE-RR oferta escuta ativa com ação social na zona Oeste de Boa Vista | ALE-RR

Postado em 29 de maio de 2024

CONTRAPOSIÇÃO Coronel Chagas defende governador de Roraima em pronunciamento na tribuna da ALE-RR | ALE-RR

Postado em 29 de maio de 2024

Tragédias climáticas: 94% das cidades brasileiras pecam na prevenção

Postado em 29 de maio de 2024

Sebrae/RR abre processo seletivo para vagas com remuneração de até R$ 5.232,10, mais benefícios | ASN Roraima

Postado em 29 de maio de 2024