SESSÃO ORDINÁRIA Deputados aprovam moções de pesar e alertam para campanha ‘Novembro Azul’ | ALE-RR

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Os deputados aprovaram durante a sessão desta quarta-feira (1º) duas moções de pesar em homenagem a um ex-secretário e um indígena de Normandia. A votação de ambos os requerimentos ocorreu de forma simbólica no Plenário Deputada Noêmia Bastos Amazonas.

A primeira moção foi em homenagem ao ex-secretário Nélio Afonso Borges. Ele atuou como secretário de Obras e Urbanismo de Boa Vista por 12 anos, segundo o autor do requerimento, deputado Gabriel Picanço (Republicanos). Borges morreu em Minas Gerais, onde morava, aos 64 anos.

Ele tem seu nome em obras importantes, como a Orla Taumanan, Complexo Ayrton Senna, várias drenagens nas avenidas de grande fluxo de Boa Vista. Nada mais justo que homenageá-lo pelos serviços prestados”, declarou Picanço.

A segunda moção de pesar foi em homenagem ao indígena Ardenildo Abel Pereira de Moraes, conhecido como “Bombinha”. Morador da Comunidade Jacarezinho, município de Normandia, faleceu em 27 de outubro. O requerimento teve como autor o deputado Dr. Meton.

Novembro Azul

Durante o momento de explicações pessoais, os deputados Renato Silva (Podemos) e Rarison Barbosa (PMB) alertaram sobre a campanha Novembro Azul, dedicada à prevenção do câncer de próstata. De acordo com o Ministério da Saúde, a doença é a que mais acomete o público masculino e a segunda causa de morte no Brasil.

Renato destacou que as campanhas sobre esse tipo de câncer precisam ser intensificadas e acrescentou que é preciso quebrar o preconceito e debater mais o tema. “Com o Novembro Azul, vamos usar o mês para alertar a população para fazer exames de rotina e prevenir essa doença que tanto mata”, complementou.

Veja leis aprovadas pela ALE-RR

Já Barbosa disse que é importante os homens cuidarem da saúde. O parlamentar também mencionou que tem recebido demandas quanto à realização de cirurgias por parte dos homens que estão em estado avançado da doença.

Temos uma dificuldade de fazer esse procedimento, porque quando o homem procura a unidade de saúde, a doença já evoluiu e demanda mais tempo e mais exames. Prevenção é o nome, é o que tem que ser feito. Devemos chamar a responsabilidade de todos, para que possamos, em novembro, buscar a prevenção e proteção maior da saúde do homem”, finalizou.

Para marcar o início da campanha, a sede do Poder Legislativo foi iluminada na cor azul, símbolo da luta contra o câncer. Ao longo do mês, a Casa promoverá uma série de atividades educativas e informativas e campanhas nas redes sociais, na TV Assembleia (canal 57.3) e na Rádio Assembleia (98.3 FM).

Texto: Josué Ferreira

Foto: Eduardo Andrade / Nonato Sousa / Jader Souza

SupCom ALERR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

Leia também:

Prefeitura de Maricá nega desvios de recursos da saúde

Postado em 28 de fevereiro de 2024

Imunização contra a dengue envolverá a rede pública de ensino dos municípios – GOVERNO DE RORAIMA

Postado em 28 de fevereiro de 2024

PREVIDÊNCIA SOCIAL ALE-RR realiza audiência pública com presença do ministro Carlos Lupi nesta sexta-feira | ALE-RR

Postado em 27 de fevereiro de 2024

Câmara aprova regime de urgência para oito projetos – Notícias

Postado em 27 de fevereiro de 2024