SEMANA DO CONSUMIDOR Palestra para alunos de escola pública sobre relações consumeristas encerra programação especial | ALE-RR

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

A Semana do Consumidor se encerrou nesta sexta-feira (15), data em que é comemorado o Dia Nacional do Consumidor, com uma palestra focando sobre direitos voltada para alunos da Escola Estadual Voltaire Pinto Ribeiro, localizada no bairro Dr. Sílvio Leite.

A deputada Tayla Peres (Republicanos), presidente do Procon Assembleia, ressaltou que a instituição tem realizado uma série de atividades para levar informação à população.

E nesta semana, como todos os anos acontece, uma programação bem legal e especial foi feita diretamente nas escolas, para levar aos alunos informações sobre seus direitos em relação ao consumo, afinal de contas, tudo que você faz na vida se está consumindo”, disse a deputada.

Como as relações consumeristas são diárias, ressaltou a parlamentar, se faz necessário conhecer o direito do consumidor.

Se você vai ao supermercado comprar um pão, se vai a uma agência de viagens adquirir uma passagem ou a uma loja de eletrodomésticos, tem que saber o seu direito como consumidor. A gente está levando essa educação para dentro das escolas, para que esses jovens e adolescentes possam saber sobre essa educação financeira, sobre seus direitos enquanto consumidor”, ressaltou.

A diretora do Procon Assembleia, Mileide Sobral, disse que é o do interesse do órgão de defesa do consumidor promover a educação para o consumo.

A gente pensou nos jovens porque as práticas consumeristas deles já se iniciaram. Precisamos tornar esse jovem seguro, principalmente quando essa compra é feita pela internet. Precisamos mudar hábitos, tornando os consumidores conscientes”, disse Mileide.

Quanto mais cedo conhecer os direitos, melhor para o jovem, seja na condição de consumidor ou de fornecedor.

Assim, ele conseguirá saber o que é certo ou errado, saberá conversar com o fornecedor, estabelecer um limite até mesmo para a relação deles, e, se algo estiver errado, conseguirá resolver o problema. A educação para o consumo é para tornar essas pessoas conscientes não só sobre os direitos, mas também deveres do consumidor”, reforçou a diretora.

Waleska Batista é estudante do 9º ano da Escola Voltaire Pinto e pôde tirar muitas dúvidas durante a palestra.

Eu achei interessante porque é importante a gente tomar cuidado com os golpes antes de realizar compras, independentemente do aplicativo, links ou sites”, afirmou.

Roberta de Oliveira Nunes, 14 anos, do 9º ano, contou que essa foi a primeira vez que assistiu a uma palestra voltada para o direito do consumidor.

Gostei muito, e agora que já tenho o número do telefone, já sei onde recorrer, no Procon Assembleia”, disse Roberta.

O gestor da escola, George Areb, afirmou que esse tipo de palestra contribui para a formação dos alunos. “É de grande importância conhecer o direito do consumidor, pois isso fortalece o ensino-aprendizagem”, ressaltou.

Palestras

Durante a semana, os alunos das escolas de Ensino Médio de Tempo Integral (EMTI) América Sarmento Ribeiro, no bairro Pintolândia, Fagundes Varela e o Colégio Estadual Militarizado Tancredo Neves também foram agraciados com a palestra do Procon Assembleia, que explicou o Código de Defesa do Consumidor (CDC), principalmente os artigos mais usados no dia a dia.

Temas como propaganda enganosa, políticas de troca, compras online e garantia de produtos foram abordados, além de assuntos atuais como o “Jogo do Tigrinho”, os jogos de azar que são impulsionados por influencers nas redes sociais, e a forma de pagamento instantâneo Pix.

Origem

A Semana do Consumidor é um período comemorativo ao Dia do Consumidor, celebrado em 15 de março. Originalmente, a data era chamada de Dia Mundial dos Direitos do Consumidor. Mais do que simples promoção, a semana visa conscientizar os compradores sobre como se protegerem e conhecerem seus direitos.

A origem dessa celebração remonta a 1962, com a criação do Dia do Consumidor pelo então presidente americano John F. Kennedy.

Atendimento Procon

Em caso de dúvidas ou problemas com os serviços, o consumidor pode procurar o Procon Assembleia, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na sede da Superintendência de Programas Especiais, localizada na Avenida Ataíde Teive, 3510, bairro Buritis. Também é possível buscar atendimento pelo WhatsApp (95) 98401-9465 e por meio do site al.rr.leg.br/procon.

Texto: Marilena Freitas

Fotos: Nonato Sousa

SupCom ALE-RR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022