POLÍCIA FEDERAL ‘ALE-RR também irá cooperar para que povos originários tenham seus direitos’, afirma deputado durante posse de superintendente | ALE-RR

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Nesta quarta-feira (17), o delegado Ronaldo Guilherme Campos tomou posse como superintendente regional da Polícia Federal em Roraima. A solenidade ocorreu na sede administrativa da instituição, no bairro 7 de Setembro, em Boa Vista, e contou com a presença de autoridades estaduais e federais.

 

Compromisso com a lei e os povos originários, erradicação do garimpo da Terra Indígena Yanomami (Operação Libertação) e o combate ao crime organizado nas zonas fronteiriças marcaram o discurso de posse de Campos, que é delegado da PF há 20 anos.

“Vêm daí as mais acentuadas demandas da Polícia Federal para essa superintendência regional, e não haverá limites para o emprego de todos os recursos necessários para garantir a ordem pública, o respeito aos direitos humanos por parte dessa polícia da União. A meta é entregar a Terra Indígena Yanomami livre do garimpo, com zero alerta de atividade, e isso se dará a partir de agora com a entrada das forças do Estado, inicialmente pelo domínio da região do Homoxi, o espaço aéreo e assim sucessivamente”, afirmou o superintendente.

 

O diretor executivo da Polícia Federal, Gustavo Paulo Leite de Souza, representando a Direção-Geral da PF, cobrou empenho de Campos e aconselhou o novo superintendente a desbravar Roraima e manter relações republicanas com as instituições locais.

“Se me pedisse um conselho de como ser um bom superintendente, eu diria para conhecer o seu Estado, as suas unidades, postos e que ande por todos eles. Visite as salas, tome café e conheça o povo. Conte e conheça histórias, e aprenda o que é Roraima. Ao estar conosco, os colegas que aqui estão reafirmam o compromisso com a Polícia Federal, e é seu dever fortalecer esses laços.”

 

 

O terceiro-secretário da ALE-RR e presidente da Comissão de Defesa Social, Segurança Pública e Sistema Penitenciário, Rárison Barbosa (PMB), esteve no evento representando a Mesa Diretora da Casa Legislativa. O parlamentar destacou o compromisso da nova gestão com a defesa dos povos originários.

“Nós queremos agradecer a Polícia Federal pelo trabalho prestado no Estado. Sabemos que há várias frentes em que a instituição tem trabalhado, mas a mais importante, que é acompanhada por toda a nossa população, é a questão indígena. Foi citado aqui no discurso do novo superintendente esse compromisso de trabalhar em prol dos povos originários. Então, a Assembleia Legislativa também irá cooperar para que os povos originários possam ter seus direitos”, afirmou Barbosa.

Também prestigiaram o ato o governador Antonio Denarium (PP), o procurador-geral de Justiça do Ministério Público (MPRR), Fábio Bastos Stica, o procurador-chefe da Procuradoria da República (MPF-RR), Miguel Almeida Lima, o general Helder de Freitas Braga, comandante da Operação Acolhida, a presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RR), Elaine Bianchi, entre outros representantes de órgãos públicos.

Currículo

Formado em Direito pela Universidade Presidente Antônio Carlos, em 1999, Ronaldo Guilherme Campos é delegado da Polícia Federal desde 2003, com passagens pelos estados de Rondônia, São Paulo, Santa Catarina, Tocantins, Brasília e Minas Gerais.

•   chefe da Delegacia da Polícia Federal em Guajará-Mirim – RO (2003);

•   chefe da Delegacia da Polícia Federal em Cruzeiro – SP (2006);

•   chefe da Delegacia de Migração na Sup. Regional da PF em Santa Catarina (2008);

•   delegado regional executivo da Sup. Regional da PF em Tocantins (2009);

•   superintendente regional substituto da PF em Tocantins (2009/2011);

•   chefe da Divisão de Assuntos Sociais e Políticos (2013);

•   chefe da Divisão de Direitos Humanos (2014);

•   coordenador substituto da Coord. Geral de Defesa, Brasília – DF (2013/2015);

•   chefe da Delegacia de Polícia Federal em Juiz de Fora (NOV 2015/2020).

Ele também foi professor da Academia Nacional de Polícia (ANP) para a temática de Direitos Humanos e Ordem Social e Política, Brasília/DF (2013 e 2020), e palestrante pela UNODC/ONU, em Cabo Verde, no Curso de Formação de Formadores em Direitos Humanos direcionado a policiais daquele país (MAI/2015).

Texto: Suellen Gurgel

Fotos: Marley Lima

SupCom ALE-RR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

Leia também:

Prefeitura de Maricá nega desvios de recursos da saúde

Postado em 28 de fevereiro de 2024

Imunização contra a dengue envolverá a rede pública de ensino dos municípios – GOVERNO DE RORAIMA

Postado em 28 de fevereiro de 2024

PREVIDÊNCIA SOCIAL ALE-RR realiza audiência pública com presença do ministro Carlos Lupi nesta sexta-feira | ALE-RR

Postado em 27 de fevereiro de 2024

Câmara aprova regime de urgência para oito projetos – Notícias

Postado em 27 de fevereiro de 2024