‘PELA PAZ’ ALE-RR integra caminhada pelo fim da violência contra mulheres com instituições públicas do Estado | ALE-RR

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) participou, nesta quarta-feira (5), da 2ª Edição da Caminhada pela Paz alusiva ao Dia Nacional da Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres. O evento contou com a participação de diversas instituições públicas e privadas do Estado, com o intuito de refletir sobre a gravidade desse comportamento criminoso contra o gênero feminino.

A caminhada é alusiva ao “Laço Branco”, movimento criado em 1991 que reuniu um grupo de homens canadenses que repudiavam a violência contra a mulher. Além disso, o evento também coincidiu com os “21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher”, campanha realizada em cerca de 150 países com o intuito de alertar a população sobre os diferentes tipos de agressão contra mulheres.

A Procuradoria Especial da Mulher ((PEM) da ALE-RR, que possui em sua estrutura o Centro Humanitário de Apoio à Mulher (Chame) e o Centro Reflexivo Reconstruir, participou da mobilização. A diretora da instituição, Glauci Gembro, destacou que essa é uma ação que contribui para os trabalhos realizados pela procuradoria do Legislativo.

“É um movimento em que a gente pede realmente paz e que parem de violentar as mulheres. Essa caminhada reforça todo um trabalho que realizamos na procuradoria com o Chame e o Centro Reflexivo, pois, além de cuidar da vítima da violência doméstica, também tratamos do agressor, visando ao bem da família”, afirmou Gembro.

A idealização da caminhada é do Ministério Público de Roraima (MPRR). A promotora de Justiça de Defesa da Mulher, Lucimara Campaner, destacou que a participação masculina é essencial, pois reflete uma ação conjunta da sociedade pelo fim da violência.

“Se de um lado tem uma mulher que é vítima, do outro, geral e infelizmente, o autor da violência é o homem. Então, é importante que os homens que não se conformam com essa forma de opressão se unam entre eles e conosco, mulheres, para que a gente possa sim varrer do mapa do Brasil essa questão do feminicídio e da violência contra as mulheres”, frisou a promotora.

Valmir Costa, promotor de Justiça, atua diretamente nos processos de violência doméstica. Ele acredita que eventos como a Caminhada pela Paz contribuem para a reflexão social sobre a temática.

“Nós, homens, temos que incentivar e apoiar as mulheres. Infelizmente, temos vivido números alarmantes de violência doméstica no nosso Estado, inclusive com um feminicídio ocorrido neste fim de semana. Então, a ideia é conscientizar a sociedade, principalmente os homens, pois precisamos frear esses números e diminuir a violência contra a mulher”, comentou Costa.

O percurso da caminhada começou na Praça do Centro Cívico e seguiu pelas principais ruas do Centro da capital. No retorno à praça, o evento foi encerrado com um ato simbólico de plantio de mudas de plantas, em homenagem às vítimas dos feminicídios ocorridos em Roraima.

Atendimento Chame e Centro Reflexivo Reconstruir

A Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa acolhe e orienta mulheres que sofrem diversos tipos de violência no contexto familiar por meio do Chame. O atendimento é realizado por equipe multidisciplinar, composta por psicóloga, advogada e assistente social.

Já o Centro Reflexivo Reconstruir também oferece o serviço psicológico, jurídico e social, porém é destinado aos agressores. A equipe do programa realiza encontros para tratar sobre temas sensíveis a exemplo de depressão, estresse e agressividade, álcool e drogas, valores familiares e Lei Maria da Penha (nº 11.340/06).

Os dois programas da ALE-RR estão disponíveis à população na sede da Procuradoria Especial da Mulher, localizada na Avenida Santos Dumont, 1470, bairro Aparecida. Os atendimentos presenciais ocorrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Além disso, há o ZapChame pelo número (95) 98402-0502 que funciona 24 horas, inclusive nos fins de semana e feriados.

 

Texto: Anderson Caldas

Fotos: Nonato Sousa

SupCom ALE-RR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

Leia também:

AÇÃO FISCALIZATÓRIA Comissão de Saúde da ALE-RR discute necessidade médica em Hospital Geral de Roraima | ALE-RR

Postado em 26 de fevereiro de 2024

Caer realiza mutirão para revisão das faturas de água   – GOVERNO DE RORAIMA

Postado em 26 de fevereiro de 2024

MDHC apresenta a ministérios, na Casa Civil, eixos que comporão o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa — Agência Gov

Postado em 26 de fevereiro de 2024

Projeto prevê aplicação de flúor nos dentes de idosos a cada seis meses – Notícias

Postado em 26 de fevereiro de 2024