ÓRGÃO DE DEFESA Serviços prestados por terceiros é recorde em reclamações feitas pelos roraimenses, aponta Procon Assembleia | ALE-RR

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Os prestadores de serviços privados (terceiros) foram os recordistas de reclamações dos consumidores roraimenses, conforme dados do Procon Assembleia, com 1.148 registros em 2023, representando pouco mais de 54% dos casos totais. O órgão de defesa do Legislativo fez 2.102 atendimentos durante o ano, dos quais 513 foram resolvidos.

Na sequência do ranking, com 465 queixas, estão os serviços financeiros, como empresas de empréstimos consignados, operadoras de cartão de crédito e bancos, que tiveram um aumento de mais de 20% em comparação ao ano passado, quando foram feitas 370 solicitações, seguidos dos serviços de telefonia fixa, móvel e internet, com 244 reivindicações.

Conforme a diretora do Procon Assembleia, Mileide Sobral, essa elevação de casos referentes aos serviços financeiros nos últimos dois anos já era esperada, tendo em vista que isso se reflete no trabalho prestado pelo órgão de defesa do consumidor, com base em orientações, o que deixa o cliente mais informado sobre seus direitos, além de conscientes.

“A gente informa os direitos, faz campanhas. Então, cada consumidor que nos procura, seja por relações de terceiros, seja por questões financeiras ou serviços de telefonia, representa que o órgão está fazendo um bom trabalho. Para a gente, quanto mais aumentar, melhor ainda, porque significa que eles estão buscando seus direitos, apesar de sabermos que muitos deixam para lá, para evitar estresse, entre outros motivos”, informou Sobral.

Produtos com defeitos e vícios dos serviços – quando há falta de funcionalidade à qual o serviço foi destinado –, também figuram na lista com 120 contestações. Reclamações sobre fornecimento de energia elétrica e água são os últimos, com 57 registros cada, mantendo quase a média de 2022 (46 atendimentos).

Além dos diversos atendimentos, a equipe do Procon esteve nas ruas, em datas importantes para o comércio, promovendo várias ações, como panfletagens com dicas e diretrizes para o consumidor. Vale reforçar que os comerciantes e empresários não foram deixados de lado. Foram feitas ainda palestras em supermercados com orientações de funcionários sobre direitos e deveres dentro da relação fornecedor/cliente.

“Nós temos campanhas permanentes às terças e quintas-feiras, quando conversamos com fornecedores e consumidores para informar sobre como manter uma relação de consumo agradável com o cliente. Conversamos com ambas as partes para que fiquem em harmonia”, concluiu Mileide.

Procon, a serviço do consumidor

Durante entrevista no programa “Parlamento de Ponta a Ponta”, da Rádio Assembleia (FM 98,3), a presidente do órgão de defesa, deputada Tayla Peres (Republicanos), enfatizou todas as ações feitas em 2023, referentes a datas importantes que aquecem as vendas e destacou a importância do Procon para os consumidores, como a mediação de conflitos, além de a unidade ir às ruas para fazer palestras e levar informação diretamente aos interessados.

“O Procon tem uma função educativa. No decorrer do ano, foi um dos trabalhos que fizemos e ajudou bastante empresários e clientes. Fomos bem recebidos e aceitos. Serviu para acabar com o tabu de que o Procon não está ali para fiscalizar e prejudicar o fornecedor, mas para dizer que somos parceiros e queremos que diminuam as demandas que geram conflitos”, explicou a deputada.

Além do comércio, Peres relembrou a participação do programa permanente na orientação da declaração do imposto de renda, dicas para a população não cair em golpes financeiros, principalmente os mais idosos, que não são habituados com a tecnologia, aumentos abusivos no valor do combustível, gás de cozinha, entre outros.

“O Procon fez todas essas atividades. Agora, no recesso, continua funcionando. Onde chamá-lo, ele estará. O ano de 2024 está bem aí, e a expectativa é muito boa. Que venha com mais trabalho, mais novidades e coisas boas, e que possamos estar mais presentes na vida das pessoas. Esse é o nosso papel: defender o consumidor”, concluiu.

Onde procurar

O Procon Assembleia funciona na Superintendência de Programas Especiais, na Avenida Ataíde Teive, 3510, bairro Buritis. Os atendimentos presenciais ocorrem das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, ou pelos canais de comunicação: (95) 98401-9465 (WhatsApp) e site: al.rr.leg.br/procon

Texto: Suzanne Oliveira

Fotos: Jader Souza/ Marley Lima/ Nonato Sousa

SupCom ALE-RR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

PUBLICIDADE

Leia também:

PREVIDÊNCIA SOCIAL Ministro assina termo de cooperação para implantar núcleo em Amajari | ALE-RR

Postado em 4 de março de 2024

Projeto inclui vacinas contra herpes-zóster e infecção pneumocócica no programa de imunização – Notícias

Postado em 3 de março de 2024

Sebrae/RR e Setrabes se reúnem para discutir sobre parceria e projeto para empreendedorismo entre as mulheres | ASN Roraima

Postado em 3 de março de 2024

Belo Monte é usina que menos emite gases de efeito estufa na Amazônia

Postado em 3 de março de 2024