CENTRO DE CONVIVÊNCIA

Novos judocas são recepcionados em ‘batizado’ com pintura no rosto e muita diversão

Aulas ocorrem na unidade da Escolegis do bairro Liberdade, localizada na Avenida Venezuela, número 1645
Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Judocas do Centro de Convivência da Juventude, da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), participaram de uma confraternização de boas-vindas nesta quinta-feira (11), na unidade da Escolegis do bairro Liberdade, localizada na Avenida Venezuela, número 1645.

O momento, que reuniu novos alunos, veteranos e pais, teve direito à pintura no rosto, lanches e muita diversão. Segundo o professor de judô Adams Pantoja, o “batizado” é feito a cada seis meses para recepcionar e enturmar os novos judocas.

“A gente tem essa brincadeira entre os alunos graduados de fazer esse batizado. Pintamos o rosto dos novos alunos, confraternizamos com a comida, com o objetivo de familiarizar as turmas e aproximá-los como uma família”, explicou o professor.

Atleta de judô há seis anos, a faixa verde Patrícia Thayque, de 13 anos, já participou de três batizados. Para ela, esse momento é importante para compartilhar a paixão pelo esporte e se divertir com a turma.

“Eu acho muito bacana [o batizado], porque às vezes levamos muito a sério e a gente não se diverte. Então é uma ótima oportunidade de conhecer todo mundo e fazer novas amizades. As aulas me ajudam na disciplina e no meu desempenho. Quando eu entrei, senti essa paixão de primeira”, disse Patrícia.

Pai de dois novatos, Jhoendry Estrada já percebe a diferença no comportamento dos filhos. Ele afirma que a oportunidade de ter acesso gratuitamente às aulas oferecidas pela Assembleia Legislativa é motivo de gratidão.

“Eu e minha família somos uns dos privilegiados, porque somos venezuelanos e vocês abriram as portas para que meus filhos estivessem aqui fazendo esse esporte, que é importante para a sociedade. Com essa disciplina que eles estão aprendendo aqui, tem ajudado também em casa. Eles já têm essa motivação para mudar”, afirmou Jhoendry.

Para o pequeno Emanuel Estrada, de 8 anos, filho de Jhoendry, o esporte já se tornou indispensável, apesar do pouco tempo de prática. “É muito divertido, eu posso treinar e aprender a me proteger. Eu gosto muito de fazer judô”.

Centro de Convivência da Juventude

Em junho deste ano, o Centro de Convivência da Juventude descentralizou as atividades para possibilitar aos jovens que moram em bairros mais distantes da sede também tivessem acesso aos programas sociais.

Além do judô, são ofertadas aulas de jiu-jitsu, capoeira, ginástica rítmica, futebol e zumba, K-pop e artes circenses para crianças e adolescentes, de 7 a 17 anos, nos bairros Liberdade (Escolegis), Pricumã (Academia Guimarães Gold Team), Santa Luzia (Escolegis), Asa Branca (Arena Futebol) e Buritis (sede da Superintendência de Programas Especiais). As aulas são gratuitas.

Mais informações podem ser obtidas na sede da Superintendência de Programas Especiais da Assembleia Legislativa, na Avenida Ataíde Teive, nº 3510, ou pelo telefone (95) 99112-4247.

Texto: Juliana Dama
Fotos: Eduardo Andrade
SupCom ALE-RR
12/08/2022

Leia também:

Pesquisa sobre mídia cívica indica ruptura com conceitos tradicionais

Postado em 16 de junho de 2024

Polícia Civil participa de operação nacional de proteção ao Meio Ambiente

Postado em 16 de junho de 2024

TERAPIA E RENDA EXTRA Alunos concluem curso de pintura em tecido na Escolegis do bairro Santa Luzia | ALE-RR

Postado em 15 de junho de 2024

Comissão aprova licença-maternidade de 180 dias para bombeira e policial – Notícias

Postado em 15 de junho de 2024