FORÇA E GRAÇA

Meninas do Centro de Convivência da Juventude sonham em ser bailarinas

Aulas de balé estão disponíveis para crianças e adolescentes de 7 a 17 anos de forma gratuita
Foto: Marley Lima

Compartilhe:

Por Yasmin Guedes

Braços estendidos, pernas flexionadas, ponta dos pés e sonhos para a vida. Assim seguem as crianças e adolescentes nas aulas de balé do Centro de Convivência da Juventude, da Assembleia Legislativa de Roraima. Nesta quinta-feira (1º), celebra-se o Dia Nacional da Bailarina. A dança surgiu no século XV na Europa, mas com o passar do tempo ganhou variações do clássico ao contemporâneo.

Não basta apenas dançar, a(o) bailarina(o) precisa de força, postura e graça para mostrar a arte em movimentos corporais. E aos poucos o professor de balé Célio Costa começa a introduzir passos e técnicas às futuras bailarinas. Uma a uma, ele corrige a postura, os movimentos e mostra a importância da disciplina durante as aulas.

“Sabemos que muitas crianças têm o sonho de ser bailarina, de ser princesa e quando chegamos aqui [ao Centro de Convivência da Juventude] vemos brilho nos olhos delas, a determinação para aprender, a autoestima”, conta Célio Costa. Ainda segundo o professor, a vontade das alunas o motiva a buscar especialização para compartilhar, no futuro, conteúdos atualizados.

Atenta a cada detalhe, Giovana Costa, de 8 anos, já sabe o que será quando crescer: bailarina. “Eu gosto muito de ser bailarina. Quando eu crescer, quero ensinar”. Ao lado, Bianca Ribeiro, 7, afirmou que o sonho é seguir na dança até crescer. “Bailarina faz coisas muito legais”, disse, tímida.

Giovana Maranhão, 7 anos, não gosta de faltar às aulas, pois assim como as colegas, tem o sonho de ser bailarina profissional. Os movimentos de que mais gosta, ela expressou em gestos: elevou os braços acima da cabeça, fez a ponta nos pés e mostrou toda a desenvoltura dos primeiros passos.

Vagas

As aulas de balé estão disponíveis para crianças e adolescentes de 7 a 17 anos de forma gratuita pelo Centro de Convivência da Juventude, pela manhã e à tarde, nas unidades da instituição:

Polo Pedra Pintada – Avenida Diamante, 1227, bairro Pedra Pintada, em Boa Vista;
Mucajaí: Avenida Padre Ricardo Silvestre, nº 460;
Caroebe: BR-2010, sem número, no Centro;
São Luiz.

Para confirmação de matrícula, é necessária a apresentação de documentos oficiais, como RG, CPF, foto 3×4, do aluno e responsável, além do comprovante de residência. Mais informações pelo Call Center da Assembleia no 0800-006-0670.

Texto: Yasmin Guedes
Foto: Marley Lima
SupCom ALERR – 1º.09.2022

Leia também:

PRÓXIMO DA POPULAÇÃO Ouvidoria-Geral da ALE-RR oferta escuta ativa com ação social na zona Oeste de Boa Vista | ALE-RR

Postado em 29 de maio de 2024

CONTRAPOSIÇÃO Coronel Chagas defende governador de Roraima em pronunciamento na tribuna da ALE-RR | ALE-RR

Postado em 29 de maio de 2024

Tragédias climáticas: 94% das cidades brasileiras pecam na prevenção

Postado em 29 de maio de 2024

Sebrae/RR abre processo seletivo para vagas com remuneração de até R$ 5.232,10, mais benefícios | ASN Roraima

Postado em 29 de maio de 2024