SALDO POSITIVO

Mais de 500 denúncias foram recebidas pelo ‘Programa Fiscaliza’ em 2021

Foto: Jader Souza e Tiago Orihuela

Compartilhe:

Por Suellen Gurgel

Estradas e pontes precárias, esgoto a céu aberto, ruas esburacadas, falta de atendimento médico. Essas, entre outras reivindicações da população, foram atendidas pelo “Programa Fiscaliza” da Assembleia Legislativa de Roraima em 2021 e encaminhadas às autoridades competentes. Ao todo, foram 504 denúncias relacionadas à defesa do consumidor; 97 sobre infraestrutura urbana; 217 referentes a equipamentos e espaços públicos, e 190 pertinentes a serviços nas áreas de saúde, educação e segurança.

“Nós atendemos às reclamações com relação a todas as atividades desempenhadas pelo Poder Executivo. Somente no ano passado, tivemos mais de 500: de esgoto, questões de segurança pública, do Hospital da Criança, de bens públicos no interior que precisam ser reformados, dos direitos do consumidor que encaminhamos ao Procon Assembleia. Depois de recebidas [as denúncias], nossa equipe foi ao local verificar a situação, fez o relatório e acionamos os responsáveis”, esclareceu o superintendente de fiscalização, Gefster Chagas.

Para 2022, Chagas deseja dar mais publicidade ao programa junto à comunidade e que as demandas não solucionadas sejam incluídas na ordem do dia do ano legislativo, na forma de indicação ou emenda parlamentar.

“Este ano, pretendendo trabalhar com a informação para que cada cidadão, em todos os municípios de Roraima, consiga registrar suas reclamações no nosso site, no banco de dados, para que a gente possa catalogar, visitar, encaminhar para as comissões da Assembleia Legislativa, à Mesa Diretora, e que isso gere indicações, emendas e seja aplicado no orçamento do Estado”, acrescentou.

O Programa Fiscaliza recebe denúncias/reclamações via WhatsApp/Telegram (95) 98402-1735, pelo site (https://fiscalizarr.com.br/) ou no “Fiscaliza”, um aplicativo disponibilizado para download aos usuários da plataforma Android.

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022