Hemoraima reforça chamamento para doadores de plaquetas e hemácias

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Responsável por atender as demandas de unidades públicas e privadas do Estado, o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) anunciou nesta quinta-feira, dia 21, que reforçará um chamamento para doadores voluntários de plaquetas e hemácias.

Para isso, a unidade abrirá as portas para receber doadores de aférese previamente agendados nos dias 23 e 30 de dezembro. A medida ocorre em razão do aumento da demanda neste final de ano, em razão do período festivo.

“Nesse período de festas, nós estamos atravessando alguns momentos críticos em relação ao baixo estoque. Por isso, estamos fazendo uma convocação de voluntários para fazer a doação de aférese nos finais de semana”, explicou a psicóloga do setor de captação do Hemoraima, Maria Madalena Menezes.

No caso das plaquetas, o tempo de coleta é de uma hora ou mais, enquanto o processo de recolhimento de hemácias costuma a ter um tempo de duração de 30 a 40 minutos.

“Nós recebemos dos hospitais a solicitação por aférese e a tipagem sanguínea constantemente. A partir do momento que o doador chega e se coloca como voluntário, vamos avaliar o calibre da veia, ver se ele tem condições de fazer naquele momento o procedimento para então começar a doação”, ressaltou.

 

COMO FUNCIONA?

A coleta de plaquetas por aférese é realizada mediante agendamento na Unidade ou por telefone por meio do contato (95) 98404-9593.

O cadastro inicial é realizado presencialmente, sendo necessário um documento com foto, após isso, o voluntário precisa passar por alguns exames prévios feitos pela unidade.

O Hemoraima está localizado na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento), no bairro Aeroporto.

 

Confira os critérios e condições básicas para ser um voluntário:

  • É necessário ter doado sangue no Hemoraima nos últimos 24 meses;
  • Estar saudável e bem alimentado, evitando comidas gordurosas nas 3 horas que antecedem a doação;
  • Ter entre 18 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos;
  • Pesar acima de 70 kg;
  • Não fazer uso de ácido acetilsalicílico (AAS) e anti-inflamatórios;
  • Apresentar um documento oficial com foto;
  • Ter bom acesso venoso (será avaliado pela equipe);
  • Realizar hemograma no Hemoraima antes da doação. (O doador deve estar com o número de plaquetas superior a 150.000/mm no momento da doação).


De Governo de Roraima / SECOM – Acesse a matéria completa – aqui.

Leia também:

Prefeitura de Maricá nega desvios de recursos da saúde

Postado em 28 de fevereiro de 2024

Imunização contra a dengue envolverá a rede pública de ensino dos municípios – GOVERNO DE RORAIMA

Postado em 28 de fevereiro de 2024

PREVIDÊNCIA SOCIAL ALE-RR realiza audiência pública com presença do ministro Carlos Lupi nesta sexta-feira | ALE-RR

Postado em 27 de fevereiro de 2024

Câmara aprova regime de urgência para oito projetos – Notícias

Postado em 27 de fevereiro de 2024