Feirinha de negócios incentiva princípios matemáticos através da educação financeira | ASN Roraima

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Ação ocorreu na quadra da Escola Municipal Palmira de Castro Machado, com vendas de produtos confeccionados pelos próprios alunos.

Buscando fortalecer e melhorar o desempenho dos estudantes sobre questões matemáticas, o projeto “Feira Livre Palmira: educação financeira começa na escola” da Escola Municipal Palmira de Castro Machado, desenvolve habilidades e competências empreendedoras com alunos do 1º ao 5º do ensino fundamental através de atividades em sala de aula e feirinha de negócios.

Tendo como foco a educação financeira por meio da matemática, precificação e sustentabilidade, o projeto foi implementado com o objetivo de ampliar o conhecimento dos alunos.

Formar estudantes que saibam trabalhar suas potencialidades é extremamente importante porque estamos mostrando o leque de oportunidades que o empreendedorismo pode oferecer, disse a coordenadora pedagógica, Welen Barroso da Silva.

Dividido em três etapas, o primeiro passo do projeto foi apresentar os princípios da educação financeira para os alunos e professores com palestras e oficinas.

Contamos com o apoio do Sebrae e da Secretaria de Educação que forneceram essas orientações, proporcionando formação e conscientização sobre o uso do dinheiro em diferentes perspectivas, explicou a coordenadora.

Desempenhado em sala de aula, a segunda etapa do projeto consiste na abordagem de atividades lúdicas realizadas pelos professores sobre compras, poupança, planejamento financeiro, segurança e lazer.

Trabalhamos com jogos educativos, pequenas competições para ajudar a fixar os assuntos, além da confecção de notas fictícias de dinheiro para eles se familiarizarem com as cédulas, acrescentou.

Promovendo a conscientização sustentável a última etapa do projeto foi norteada pelo protagonismo dos alunos e a criatividade, pois eles produziram brinquedos e produtos artesanais com materiais recicláveis que culminou na realização da ‘Feira Livre Palmira’.

Essa ação foi resultado de todo o trabalho realizado pelos alunos, professores, equipe gestora e comunidade, sendo organizada por turno onde os professores estiveram junto com os alunos mediando as vendas, complementou Welen.

Nas barracas houve vendas de alimentos (Bolo, Cachorro-Quente, Pipoca Gourmet, Dindin, Sorvete, Picolé) artesanato, plantas, brinquedos, canetas decoradas, pinturas de rosto, pescaria e barraca das pipas. Com o sucesso do projeto, a feirinha também contou com parcerias que contribuíram com prêmios que foram colocados para o bingo e leilão realizados no evento.

Outro destaque é que durante a feira, os clientes iam até o caixa para trocar o valor real por cédulas de valores fictícias para os alunos terem contato com as notas e manuseá-las de maneira cuidadosa. Como resultado, a feira arrecadou o valor expressivo de R$ 10.898,00 reais com as vendas.

A principal inovação educacional dentro do projeto foi o protagonismo dos alunos com os conhecimentos voltados para sustentabilidade financeira, ou seja, além de preservar, cuidar e reaproveitar materiais já expostos na natureza, eles também tiveram a oportunidade de empreender, ganhando o dinheiro pelos produtos expostos na feira, finalizou a coordenadora.

PRÊMIO EDUCADOR TRANSFORMADOR

Premiação correalizada pelo Sebrae, Bett Brasil e Instituto Significare identifica, valoriza e divulga projetos educacionais inovadores e transformadores, implementados por professores de todo o Brasil focados na educação empreendedora. Professores interessados em participar da 2ªEdição do Prêmio Educador Transformador têm até o dia 05 de fevereiro para se inscrever, não perca essa oportunidade. Inscreva-se aqui.

Lei a notícia completa na Agência Sebrae de Notícias – Clique Aqui!

PUBLICIDADE

Leia também:

Governo inaugura vicinal que atenderá comunidades indígenas de Normandia – GOVERNO DE RORAIMA

Postado em 4 de março de 2024

Desenvolve Roraima e Sebrae/RR avançam no planejamento estratégico durante visita consultiva | ASN Roraima

Postado em 4 de março de 2024

Concurso Nacional Unificado tem quase 10 mil indígenas inscritos

Postado em 4 de março de 2024

FISCALIZAÇÃO Procon Assembleia monitora aplicação da lei que garante meia-entrada a agentes de segurança pública | ALE-RR

Postado em 4 de março de 2024