Pesquisar
POLÍCIA PENAL

Curso de formação é trabalho conjunto do Legislativo e Judiciário, lembra Renan

Na ocasião, deputado Evangelista Siqueira disse que fará gestão com Mesa Diretora para que PL 215/2022 entre na Ordem do Dia
Divulgação/Fonte

Compartilhe:

O deputado Renan (SD) usou a tribuna na manhã desta terça-feira (2), dia da primeira sessão no retorno das atividades legislativas, para falar sobre o trabalho conjunto realizado pelos poderes Legislativo e Executivo que resultou na convocação de 380 alunos da segunda turma da Polícia Penal que estão fazendo o curso de formação.

“Nós, da Assembleia, sempre batalhamos para que esses futuros alunos venham a servir o Estado de Roraima. É um trabalho conjunto, mas, graças à sensibilidade do governador, o curso começou, e tenho certeza de que lá estão os melhores policiais penais do Brasil”, disse ao parabenizar o trabalho da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc).

Ele destacou o empenho do deputado Renato Silva (Prós). “Agradeço ao senhor citar meu nome em seu discurso e lembrar que essa caminhada da segurança pública começou em 2019. Vossa Excelência tem muitos méritos nessa luta, bem como o deputado Diego Coelho [MDB], que colocou um milhão de reais para o concurso da Polícia Militar”, ressaltou Silva.

Renan lembrou que os deputados devem lutar pelo povo e que a bandeira de todos deve ser o Estado de Roraima. Ele ressaltou que os meios de comunicação da instituição mostram o trabalho dos parlamentares.

“A confiança é mais importante que o voto. Graças à TV e à Rádio Assembleia, Instagram e Facebook, as pessoas têm acesso ao trabalho dos parlamentares e sabem quem trabalhou e quem enrolou durante esses quatro anos. Ninguém vai poder vender o que não tem para oferecer”, reforçou Renan.

Cláusula de barreira

Em aparte, o deputado Evangelista Siqueira (PT) aproveitou para falar sobre o Projeto de Lei (PL) nº 115/2022, que quebra a cláusula de barreira e cria o cadastro de reserva em Roraima. “Este PL está apto para ser ir a Plenário, e agora vamos fazer gestão com a Mesa Diretora para que ele seja apreciado e possamos dar uma garantia aos concurseiros do Estado”, disse.

Renan disse que iria apresentar à Mesa Diretora um requerimento para que haja celeridade na apreciação do PL 115/2022. “Quem não quiser votar, não vota. Não podemos colocar desculpas para que isso não aconteça. O cadastro de reserva é justamente para que, se o governo precisar, chame quem já passou no concurso”, defendeu.
O deputado Diego Coelho aproveitou para dizer que também é favorável ao PL 115/2022. “É um projeto muito importante e eu apoio. Pedimos que a presidência da Casa coloque em votação”, solicitou. O pedido foi reforçado pelo deputado Renan.

Texto: Marilena Freitas
Foto: Jader Souza
SupCom ALE-RR – 02.08.2022

Leia também:

Agricultores aprendem a fazer pães e pizzas à base da farinha de batata doce produzida na região | ASN Roraima

Postado em 22 de julho de 2024

A Voz do Brasil chega aos 89 anos — Agência Gov

Postado em 22 de julho de 2024

Empreendedores aprendem sobre inteligência emocional e alta performance em seminário de neurociência | ASN Roraima

Postado em 22 de julho de 2024

Lei institui 17 de setembro como Dia de Conscientização sobre Distrofia Muscular – Notícias

Postado em 22 de julho de 2024