Comissão de Segurança debate ativismo judicial no Brasil – Notícias

Divulgação/Fonte

Compartilhe:


26/08/2022 – 14:43  

Elaine Menke/Câmara dos Deputados

Silveira: “Os fins não justificam os meios em um Estado Democrático de Direito”

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado realiza audiência pública nesta quarta-feira (31) para debater o ativismo judicial no Brasil. A audiência será no plenário 2, às 14 horas.

O deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), que pediu o debate, disse que a punição que se prevê como consequência à violação do dever jurídico deve ser justa, proporcional, de modo a consolidar a existência do dever e “sem violar de forma arbitrária a esfera jurídica do jurisdicionado, o que se dá pela observância do devido processo legal e pelo exato cumprimento do que preveem as leis e, especialmente, a Constituição”.

“O Poder Judiciário precisa dar o exemplo, por isso é fundamental que o tema ‘ativismo judicial’ seja devidamente debatido nesta comissão, que tem como tema central a Segurança Pública. Afinal, os fins não justificam os meios em um Estado Democrático de Direito”, disse Silveira.

Debatedores
Confirmaram presença na audiência:
– o jurista Ives Gandra Martins;
– o procurador de Justiça do Ministério Público do Rio de Janeiro Marcelo Rocha Monteiro;
– a secretária-geral da Comissão de Direito Constitucional da Ordem dos Advogados do Brasil (MG), Mariane Cardoso;
– o advogado criminalista Paulo Faria;
– o secretário de Segurança Pública de Minas Gerais, Rogério Greco; e
– a presidente da Academia Internacional de Direito e Economia, Samantha Meyer.

Da Redação – RS



Fonte: Câmara dos Deputados – Agência Câmara NotíciasAcesse aqui

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022