CNH vencida acarreta em multa e outras medidas administrativas – GOVERNO DE RORAIMA

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Dirigir com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida expõe o condutor a riscos desnecessários e também acarreta em penalidades significativas.

O documento vencido por mais de 30 dias, conforme o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), é uma infração gravíssima que gera multa de R$ 293,47 e acarreta sete pontos à carteira do motorista.

Outras penalidades são aplicadas quando a CNH está vencida por mais de 30 dias. Se for parada em uma fiscalização, ocorre o recolhimento do documento e o veículo fica retido, sendo liberado apenas para um condutor habilitado.

O presidente do Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima), Álvaro Duarte, enfatizou a importância dos condutores observarem a data de vencimento da CNH.

“Conforme a legislação de trânsito, um condutor pode dirigir com a habilitação vencida até 30 dias após a data do vencimento. Então, é preciso se organizar dentro desse prazo para realizar a renovação, evitando assim as penalizações previstas, caso seja abordado em fiscalizações”, ressaltou o presidente.

Ele explicou que não há diferença em dirigir com a habilitação vencida por alguns meses ou anos. “Por isso, é importante que os condutores de veículos saibam quando devem renovar o documento”, comentou Álvaro Duarte.

Para renovação de CNH, o Detran-RR disponibiliza a opção no site da instituição. O interessado agenda a data para procedimento de captação biométrica e depois faz os exames necessários, mantendo o documento atualizado.

PRAZOS DE VALIDADE

Atualmente, a CNH e o exame físico têm validade de 10 anos para pessoas com menos de 49 anos. Para condutores entre 50 e 69 anos o documento é válido por cinco anos e por três anos para motorista com 70 anos de idade ou mais. É importante destacar que os prazos podem ser ajustados pelo médico examinador, conforme anteriormente permitido.

De Governo de Roraima / SECOM – Acesse a matéria completa – aqui.

Leia também:

Livro sobre Boinas Azuis da ONU será lançado no STJ

Postado em 31 de dezembro de 1969

Assembleia Legislativa aprova leis em favor da saúde mental da população roraimense

Postado em 3 de janeiro de 2022

Assembleia Legislativa continua a serviço da população durante recesso parlamentar

Postado em 3 de janeiro de 2022

Centro de Convivência da Juventude da Assembleia Legislativa retoma atividades

Postado em 4 de janeiro de 2022