CENSO 2022 Presidente da Assembleia Legislativa pede à população que receba recenseadores do IBGE | ALE-RR

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

Cerca de 57% da população de Roraima respondeu ao Censo 2022 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) desde o começo da pesquisa (1º de agosto) até esta quarta-feira (14), número considerado preocupante pelo presidente da Assembleia Legislativa (ALE-RR), deputado Soldado Sampaio (Republicanos), que pediu na sessão do dia mais participação da sociedade no processo.

 

O chefe do Poder Legislativo ressaltou que a ausência de dados e a consequente desatualização do censo demográfico podem prejudicar as políticas públicas dos governos estaduais e municipais.

 

“É de grande relevância esse diagnóstico para a gestão das autoridades e responsabilidade nos repasses de recursos para o Estado de Roraima”. Ainda de acordo com Sampaio, o mapeamento da população definirá a verba pública destinada pelo governo federal ao Fundo de Participação dos Estados [FPE] e ao Fundo de Participação dos Municípios [FPM].

 

 

Segundo ele, a desatualização dos dados populacionais pode acarretar prejuízos. “A distribuição do FPE leva em consideração o perfil socioeconômico da população. Se não houver o recenseamento, a boa vontade das pessoas em receber os recenseadores ou a carta, fazer contato, a gente pode acumular um prejuízo enorme”.

 

Soldado Sampaio lembrou que, para ajudar o Estado, o governo ajuizou uma ação para mostrar à União o crescimento de Roraima levando em consideração que o último censo populacional foi feito em 2010. “Conseguimos fazer uma projeção de aumento da população que não é segredo para ninguém, pois de fato Roraima cresceu, fruto da imigração e do crescimento econômico que atraiu pessoas para investir aqui”.

 

Ele solicitou à imprensa divulgação massiva sobre a importância do Censo 2022 para estimular as pessoas de todos os municípios a receber os recenseadores. Entre as principais causas da baixa participação, conforme Sampaio, está o “medo” de recebê-los.

 

O presidente da Assembleia Legislativa destacou que os funcionários do IBGE andam identificados com colete, boné, crachá e o dispositivo móvel de coleta. A identidade do recenseador pode ser consultada no site do IBGE (https://respondendo.ibge.gov.br/entrevistador.html) ou pelo telefone 0800 721 8181.

 

“Se certifiquem de quem são os entrevistadores, mas não deixem de recebê-los. É muito importante essa contribuição”, complementou.

 

Os deputados Aurelina Medeiros (PP) e Gabriel Picanço (Republicanos) reforçaram o discurso de Sampaio.

 

“É preciso que as pessoas saibam que o repasse do Estado aos municípios é vinculado à quantidade de pessoas, ao número de habitantes”, lembrou Aurelina.

 

 

 

 

“Quero pedir aos amigos que quando os recenseadores os visitarem, atendam e passem as informações que são importantes para Roraima”, concluiu Picanço.

 

 

 

 

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Marley Lima

SupCom ALERR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

Leia também:

Serviços de inteligência produzem relatório do crime organizado nas prisões do MT — Agência Gov

Postado em 19 de junho de 2024

Entidades criticam exigências para a manutenção de imunidade tributária – Notícias

Postado em 19 de junho de 2024

Governo anunciará medidas para o setor audiovisual brasileiro

Postado em 19 de junho de 2024

EM BRASÍLIA Possível exploração de petróleo na bacia do Tacutu une políticos de Roraima | ALE-RR

Postado em 19 de junho de 2024