Campanha promove ação sobre o combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes

Divulgação/Fonte

Compartilhe:

O Governo de Roraima, por meio da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), realizou nesta sexta-feira, 17, a blitz educativa alusiva à Campanha Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, na praça do Centro Cívico com distribuição de material informativo.

O objetivo é reforçar a mobilização de toda a sociedade para participar da defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Além de incentivar a denúncia de casos e promover a proteção dos direitos desses jovens.

A ação contou com a participação dos alunos da escola Euclides da Cunha, servidores, Detran, Policia Militar, Policia Civil, Conselho Tutelar, Cedcar (Conselho Estadual de Direito da Criança e Adolescente de Roraima), Agências da ONU e demais parceiros da rede de proteção as crianças e adolescentes.

A secretária Tânia Soares, reforçou que a campanha Faça Bonito é uma oportunidade para ampliar a sensibilização sobre esse tema e fortalecer a rede de proteção às crianças e adolescentes.

“Esta é uma ação muito importante para combatermos o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Por meio das atividades de mobilização com foco na prevenção. Queremos alertar a população para o compromisso da gestão em proteger as crianças e os adolescentes do nosso Estado e do Brasil”, afirmou.

O Coordenador Estadual do Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), João Paulo, destacou que a campanha convida toda população a participar dessa mobilização.

“O objetivo do Faça Bonito é sensibilizar a comunidade geral, autoridades e o poder público para fazer parte dessa campanha. Fazer Bonito e mostrar o seu papel no enfrentamento ao abuso e exploração sexual das crianças e adolescentes”, disse.

A presidente do Ceevsacrr (Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes de Roraima), Socorro Santos, falou sobre a importância das políticas públicas em assegurar os direitos humanos de crianças e adolescentes vulneráveis à violência e à exploração sexual.

“O Comitê tem o papel da integralidade das instituições com o objetivo de impulsionar o enfretamento a violência sexual contra crianças e adolescentes no nosso Estado, levando a sociedade geral a acessibilidade para que sejam ponto de fortalecimento e incentivo para fazer as denúncias e proteção das nossas crianças e adolescentes”, finalizou.

Faça Bonito!

A campanha em referência ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), visa chamar a atenção da sociedade para o assunto que é preocupante.

Em todo o Brasil, estados, municípios, setor empresarial e organizações da sociedade civil aderem à campanha para convocar a sociedade a assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no Brasil.

A data 18 de maio foi escolhida como dia de mobilização contra a violência sexual porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

Canais de denúncias

As denúncias podem ser feitas pelo Disque 100; ao Conselho Tutelar; à Polícia Civil (197); à Polícia Militar (190); à Polícia Rodoviária Federal (191); ou às ouvidorias de tribunais da Justiça do Trabalho. Para crimes na internet, também é possível fazer a denúncia no site new.safernet.org.br/denuncie.

De Governo de Roraima / SECOM – Acesse a matéria completa – aqui.

Leia também:

Pesquisa sobre mídia cívica indica ruptura com conceitos tradicionais

Postado em 16 de junho de 2024

Polícia Civil participa de operação nacional de proteção ao Meio Ambiente

Postado em 16 de junho de 2024

TERAPIA E RENDA EXTRA Alunos concluem curso de pintura em tecido na Escolegis do bairro Santa Luzia | ALE-RR

Postado em 15 de junho de 2024

Comissão aprova licença-maternidade de 180 dias para bombeira e policial – Notícias

Postado em 15 de junho de 2024