‘SERVIR E PROTEGER’ PMs de Rorainópolis afirmam que documentário produzido pela TV Assembleia é presente para a corporação | ALE-RR

Divulgação/FonteFoto:

Compartilhe:

A 3ª Companhia Independente de Polícia Militar de Fronteira “Ouro Verde”, localizada no município de Rorainópolis, a 295 quilômetros da capital Boa Vista, completou 18 anos. Militares, autoridades e um dos primeiros policiais militares a servir no local se reuniram neste sábado (5) para festejar a data e confraternizar com amigos de farda.

Durante a comemoração, foram exibidos trechos do documentário intitulado “Companhia Ouro Verde: Servir e Proteger”, produzido pela TV Assembleia, canal 57.3, que estreou na quinta-feira (3) na TV Assembleia (57.3), e que está disponível no canal do Poder Legislativo no YouTube (@assembleiarr).

O média-metragem conta a história sobre a formação e desenvolvimento da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar de Fronteira “Ouro Verde”, responsável pelo policiamento daquela região, que começou na década de 1980, quando o local era conhecido como Vila do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária).

O documentário mexeu com as emoções de quem participou do filme, mora no município e conhece a atual realidade da Companhia Ouro Verde, como a soldado PM, Rosiane Nascimento. Ela conta que a produção possibilitou uma reflexão sobre o começo de tudo em comparação à realidade atual.

“Foi muito emocionante! Acompanhamos pelo YouTube e parei tudo que estava fazendo pra assistir, e no final do vídeo me emocionei ao ouvir um pouco da história dos nossos comandantes mais antigos contando a experiência, as dificuldades que enfrentaram no início da implantação da companhia, quando ainda era uma minúscula Vila, em 1984. Quando olhamos nossa atual realidade, vemos que temos muitos benefícios, e isso é gratificante”, contou a jovem, que mora em Rorainópolis desde 1999.

O veterano policial militar José Lopes de Magalhães, um dos pioneiros a servir no local, estava muito feliz por ver a história que ele fez parte ser registrada no documentário. Capitão Magalhães foi o primeiro comandante do Destacamento nos anos 80.

“Foi um documentário muito bem-feito e pra mim é de grande valia, por eu estar vivo, participando desta comemoração tão importante na vida da Polícia Militar. Olhando no retrovisor da minha vida como acho bacana, fico feliz em ver a Polícia Militar neste porte, bonita, com a simpatia do povo de Rorainópolis, que na minha época se chamava Vila do Incra. Estou testemunhando isso com muita alegria, com vontade de ver essa polícia crescer ainda mais”, disse emocionado.

Aposentado e aos 69 anos, Magalhães fala com orgulho, que fez e faz parte da história do Estado, e que as sementes que plantou renderam frutos dentro da corporação. “Fico feliz porque tenho dois filhos na PM, um major e um tenente”, disse.

A comandante da Ouro Verde, major Camila, disse que o documentário deixou um sentimento de alegria na Companhia que é a guardiã do eixo 74 Sul.

“Foi uma grande e agradável surpresa para todos nós, um presente para toda a corporação poder rever as imagens dos policiais mais antigos, como o capitão Magalhães, que foi o primeiro comandante do destacamento ainda na década de 80, um exemplo para os policiais mais novos”, enfatizou a major.

O comandante-geral da PMRR, coronel Miramilton, lembrou que Rorainópolis é o segundo município mais populoso e que a Polícia Militar dedica todos os esforços para alocar recursos pessoais e materiais para bem atender a população.

“Quero parabenizar toda a Companhia e a população por continuar acreditando no trabalho da Polícia Militar. A gente agradece a produção do documentário que vai ficar para a história. Vamos guardar com muito carinho e divulgar o máximo possível essa narrativa que começou em 1984”, disse.

Autoridades prestigiam confraternização da Ouro Verde

 

O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), deputado Soldado Sampaio (Republicanos), além dos deputados estaduais Jorge Everton (União) e Dr. Claudio Cirurgião (União), deputado federal Francisco Albuquerque (Republicanos), senador Hiran Gonçalves (PP) e vereadores de Rorainópolis, participaram da festa de confraternização da Companhia Ouro Verde, realizada neste sábado no município.

O chefe do Legislativo, deputado Soldado Sampaio disse que a data é festiva não apenas por ser o aniversário da instituição, mas sobretudo porque tem desempenhado um trabalho de excelência no município, com a entrega de prestação de serviço positiva para a população da região.

“A Companhia Ouro Verde tem mais de 100 policiais e atende mais de 45 mil pessoas que moram nessa região de Rorainópolis, abrangendo o Jundiá, Equador, Nova Colina, Martins Pereira, Novo Paraíso, 500 e mais de 70 vicinais. As estatísticas mostram que reduziu significativamente a violência nessa região, isso é trabalho da Polícia Militar da Companhia Ouro Verde”, ressaltou, ao dizer que não poderia deixar de prestigiar a festa.

Sampaio destacou que a Assembleia Legislativa reconhece a importância da Polícia Militar e sempre recebeu de braços abertos as demandas da instituição. “E não só no tocante à valorização do servidor público. Nossa legislação da Polícia Militar é referência para o Brasil, um dos melhores estatutos, a melhor Lei de Previdenciária, bem como a de remuneração e tantas outras. Esse é nosso compromisso, enquanto Policial Militar que fui oriundo, lutar pela categoria. A Assembleia Legislativa está sempre à disposição da Polícia Militar”, afirmou.

O presidente também ressaltou a importância do documentário, produzido pela emissora legislativa, que rememora e preserva a história da Ouro Verde. “Um excelente documentário de 27 minutos que faz um resgate aos nossos pioneiros. Os primeiros cinco policiais que vieram pra cá na década de 80 com todas as dificuldades imagináveis possíveis, esses homens e mulheres enfrentaram. Esse resgate histórico é importante para as próximas gerações saberem o quanto foi difícil. Hoje tem toda uma estrutura de trabalho, viatura, armamento, tecnologia à disposição e vamos avançar mais, sem sombra de dúvida”, assegurou o presidente.

O primeiro-secretário da Mesa Diretora, deputado Jorge Everton, também ressaltou o papel fundamental da Assembleia Legislativa no avanço da Polícia Militar. “Recordo da necessidade de várias vezes colocar orçamento para melhorar a segurança pública do nosso Estado. No meu primeiro mandato não tinha policiamento nas ruas, nas vilas e era um sofrimento para quem morava no Equador e em Colina porque faltava viatura e policiamento. Nós conseguimos por meio de emendas parlamentares garantir a posse dos policiais militares que hoje protegem a nossa sociedade”, disse.

Já o deputado Dr. Cláudio Cirurgião, que trabalhou em Rorainópolis, disse que a Polícia Militar em Roraima, em especial, a Ouro Verde, é motivo de grande orgulho. “Atuei como médico durante oito anos nessa cidade, nós da saúde, junto com a Polícia Militar, somos instituições que cuidamos da vida das pessoas. A Polícia Militar está realizando um excelente trabalho, com redução progressiva da criminalidade, isso é visto nas ruas, com a opinião da sociedade, é uma instituição que nos traz segurança, não só enquanto cidadão, mas enquanto profissional de saúde”, observou.

O deputado federal falou sobre a importância da festividade e do reconhecimento da corporação. “Esse momento é importantíssimo para qualquer corporação. Viver profissionalmente não é só trabalhar, precisa ter um momento de lazer, se confraternizar, se congratular porque isso faz parte da vida social de que trabalha. Parabenizo a comandante deste destacamento, porque isso é importantíssimo para que o andamento do serviço possa ser cada dia mais alcançado”, parabenizou o parlamentar.

E o senador Hiran Gonçalves aproveitou a data festiva para anunciar um presente para a instituição. “Sou um parceiro das forças de segurança e tenho ajudado desde o meu primeiro mandato, com recursos que são investidos em armamentos, veículos e obras. Já havia direcionado R$ 900 mil para parte da construção do batalhão no sul do Estado. E agora, destaco a liberação da outra parte no valor de R$ 1,9 milhão. São R$ 2,8 milhões que vão para o Governo do Estado investir nesta obra”, anunciou o senador.

Texto: Marilena Freitas

Fotos: Jader Souza

SupCom ALE-RR

Fonte: ALE-RR | Assembleia Legislativa de Roraima – Leia mais

Publicidade

Leia também:

Comissão aprova projeto que institui no SUS ações sobre a Síndrome de Esgotamento Profissional – Notícias

Postado em 15 de agosto de 2023

CAMINHADA PELA PAZ Assembleia Legislativa e várias instituições do Estado se unem pelo fim da violência contra a mulher | ALE-RR

Postado em 7 de dezembro de 2022

Câmara aprova punição a quem se recusar a abrir conta ou conceder crédito a pessoa politicamente exposta – Notícias

Postado em 15 de junho de 2023

Comissão aprova compartilhamento de flagrantes de pardais com órgãos de segurança pública – Notícias

Postado em 13 de agosto de 2023